INSISTAMOS NO BEM

Alguém recusou a verdade e a bênção de que te fizeste mensageiro? Insiste ainda. Não abandones o ensejo de estender o bem. Não profiras palavra de maldição, não acuses, não critiques.

Cada criatura vive no centro de problemas nem sempre acessíveis ao nosso primeiro olhar.

Persevera nas demonstrações de bondade e compreensão.

É possível que a tua frase contundente fira o próximo.

Ministremos a cada doente o remédio que lhe corresponde. O sorriso de fraternidade, a ajuda silenciosa, a humildade sem alarde, a flor da gentileza e o gesto amigo cabem, prodigiosamente, em qualquer parte.

Acima do “convencer”, permanece o “auxiliar”.

Ao grelo tenro não se pedem os frutos da árvore venerável e do vinagre compacto não se deve esperar a corrente de mel.

Aproveitemos o tempo, espalhando o amor com que o Cristo nos dotou os corações.

É possível que o veio de ouro esteja profundo na montanha da ignorância e da maldade. Insistamos, porém, e lavremos a terra, penetrando-lhe os recessos, sem ruído e sem ofensa.

Dificuldades incontáveis ocultam, ainda hoje, a visão da riqueza escondida? Não importa. Amanhã, o sol reaparecerá, outra vez, no horizonte, a chuva da divina misericórdia terá lavado os detritos do solo e atingiremos a glória da realização.

Atende ao bem, agora, em paz, hoje e amanhã, aqui e onde estiveres, porque Jesus igualmente persiste nele e prometeu que o Reino da Luz será conferido a quantos saibam perseverar até o fim.

Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Nosso Livro. Lição nº 22. Página 55.

Anúncios

APOIO DIVINO

Alegrias Celestes

Seja onde seja, recorda que Deus está sempre em nós e agindo por nós.

Para assegurar-nos, quanto a isso, bastar-nos-á a Prática da Oração, mesmo ligeira ou inarticulada, que desenvolverá em nós outros a convicção da presença divina, em todas as faixas da existência.

Certamente, a prece não se fará seguida de demonstrações espetaculares, nem de transformações externas imprevistas.

Pensa, todavia, no amparo de Deus e, em todos os episódios da estrada, senti-lo-ás contigo no silêncio do coração.

Nos obstáculos de ordem material, esse apoio não te chegará na obtenção do dinheiro fácil que te solva os compromissos, mas na força para trabalhar a fim de que os recursos necessários te venham às mãos;

Nas horas de dúvida, não te virá em fórmulas verbais diretas que te anulem o livre arbítrio e sim na inspiração exata que te ajude a tomar as decisões indispensáveis à paz da própria consciência;

Nos momentos de inquietação, não surgirá em acontecimentos especiais que te afastem dos testemunhos de fé, mas percebê-los-ás contigo em forma de segurança e bom ânimo, na travessia da aflição;

Nos dias em que o mal te pareça derrotar a golpes de incompreensão ou de injúria, não se te expressará configurado em favores de exceção que te retirem dos ombros a carga das provas redentoras e sim na energia bendita da fé viva que te restaure a esperança, revestindo-te de coragem, a fim de que não esmoreças na rude jornada, em direção à vida nova.

Seja qual seja a dificuldade em que te vejas ou a provação que experimentes, recorda que Deus está contigo e nada te faltará, nos domínios do socorro e da bênção, para que atravesses todos os túneis de tribulação e de sombra, ao encontro da paz e a caminho da luz

Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Livro: Rumo Certo. Lição nº 05. Página 27.

Jovens Médiuns II

Olá queridos companheiros,

Recebi um presente de uma amiga de minha mãe que há muito tempo desejava. Trata-se de um escapulário espírita do Bezerra de Menezes. Eu que nunca gostei de rezar para santo, com a exceção de Nossa Senhora, confesso que me senti por demais de protegida quando o coloquei em meu pescoço.

Me surpreendo tamanho o rumo (eu chamo de verdade confirmada) a Espiritualidade vem tomando. Quem com mais de 50 anos imaginou poder falar abertamente sobre esse assunto em uma roda de amigos ou até mesmo no trabalho ou na família sem ser julgado ou receber um olhar diferente. Quem diria que o Dr. Bezerra de Menezes teria um reconhecimento deste e, eu acredito depois de ter alcançado essa luz imensa possa ajudar e proteger a tantos irmãos.

É com muita alegria que reflito sobre isso. E para felicitarmos essa conquista, divulgo aqui a oração que recebi junto com o escapulário para que todos vocês possa receber suas bênçãos.

Oração à Bezerra de Menezes
Nós Te rogamos, Pai de infinita Bondade e Justiça, as graças de Jesus Cristo, através de Bezerra de Menezes e suas legiões de companheiros. Que eles nos assistam, Senhor, consolando os aflitos, curando aqueles que se tornem merecedores, confortando aqueles que tiveram suas provas e expiações a passar, esclarecendo aos que desejarem conhecer a verdade e assistindo a todos quanto apelam ao Teu Infinito Amor. Jesus, Divino Portados da Graça e da Verdade, estende Tuas mãos dadivosas em socorro daqueles que Te reconhecem e Despenseiro Fiel e Prudente; faze-o Divino Modelo, através de Tuas legiões consoladoras, de teus santos espíritos, a fim de que a Fé se eleve, a Esperança aumente, a Bondade se expanda e o Amor triunfe sobre todas as coisas. Bezerra de Menezes, Apóstolo do Bem e da Paz, amigo dos humildes e dos enfermos, movimentai tuas falanges amigas em benefício daqueles que sofrem, sejam males físicos ou espirituais. Santos espíritos, dignos obreiros do Senhor, derramai as graças e as curas sobre a humanidade sofredora, a fim de que as criaturas se tornem amigas da paz e do Conhecimento, da Harmonia e do Perdão, semeando pelo mundo dos Divinos Exemplos de Jesus Cristo.

Que assim seja, Graças a Deus.

Lembrando sempre que a proposta dessa ‘coluna’ é dividirmos experiência e aprendermos juntos. Então enviem suas perguntas ou experiências. Para a próxima semana começaremos a falar sobre os sintomas da Mediunidade.

Uma ótima semana, com muita harmonia.

Fabi Martines

Jovens Médiuns

Olá queridos companheiros,

Hoje me lembrei de uma moça que atendi a duas semanas atrás que sempre soube ser médium, mas um profundo medo do compromisso espiritual a fez recusar a sua mediunidade e agora, o ‘descuidar’ dessa mediunidade tem lhe trazido problemas.

Geralmente não me recordo dos atendimentos, e até mesmo me esqueço de alguns assistidos, pois não me apego aos detalhes e sim ao resultado positivo do atendimento. Mas confesso que depois de atender essa moça fique refletindo sobre os caminhos da minha mediunidade.

Nasci médium, e desde criança tenho consciência disso. Mas foi aos 13 anos que minha mediunidade ficou muito forte e até os 19 anos foi difícil aprender a lidar com ela. Mas mesmo assim hoje eu agradeço, pois vejo o quanto aprendi com essas dificuldades.

Essa geração nova, cheia de índigos, hoje adultos, aprende a lidar muito mais fácil e de forma rápida com a sua mediunidade. É como se nascessem sabendo sobre serem médiuns.  Já os que descobrem a mediunidade quando adultos e maduros enfrentam grandes dificuldades. A reforma intima para esses é muito mais difícil uma vez que possuem seus caracteres formados e suas crenças definidas por uma sociedade diferente. E quando as manifestações corpóreas se dão, mais difícil é a doutrinação, pois possuem seus corpos endurecidos e o receio do descontrole ainda maior.

Descobrir a mediunidade é como aprender um esporte ou uma língua estrangeira, quanto mais cedo mais fácil. Mas nunca é tarde para se aprender. Tudo que fazemos com amor, é feito com alegria e de forma agradável.

Busque amigos que passem por esse descobrir como você. Divida suas experiências e se não for o suficiente fale com amigos mais ‘experientes’. A vida é muito mais fácil quando dividimos com alguém.

Caso tenha perguntas a fazer, experiências a dividir, ou duvidas para esclarecer, postem as aqui. Terei prazer em ajudá-los nessa caminhada. Dividir os meus aprendizados, esclarecer conhecimentos e o que eu não souber buscaremos aprender juntos.

Fiquem em paz!

Fabi Martines