Cromoterapia mental na Apometria

A COR TRANSMITIDA POR COMANDOS E PULSOS ENERGÉTICOS

A cromoterapia é um método de tratamento utilizado tanto na Apometria como no plano espiritual, onde é largamente utilizada em trabalhos de desobsessão e nos mais variados processos cirúrgicos que ocorrem durante uma sessão de Terapia de Cura.

Na Apometria, médiuns e doutrinadores se utilizam da irradiação das cores por meio da cromoterapia mental, que são transmitidos através de pulsos energéticos aos assistidos, onde a cor é projetada sobre a energia, o nível, a personalidade ou o espírito obsessor, etc. Cada cor tem uma propriedade específica. A Cromoterapia mental é mais eficiente que a cromoterapia de luzes visíveis, pois o tratamento mental através de pulsos ocorre num plano sutil e canaliza as energias que estariam mais próximas da Fonte e da “essência” vibratória de cada cor.

Conheça algumas combinações de cores que são ministradas pelos médicos do espaço, e aplicadas nos trabalhos terapêuticos da Apometria.

Prata + laranja: Para tratamento dos pulmões, vias aéreas superiores e Asma.

Lilás + azul esverdeado: Aplicado em ginecologia, em Fibromiomas.

Dourado + laranja + amarelo: Debela crises de angústia.

Branco resplandecente: usado em limpeza.

Verde efervescente: limpeza de aderências pesadas dos espíritos desencarnados.

Prata + azul claro em cambiantes até lilás ou azul-turquesa: Úlceras.

Azul + verde + laranja: Úlcera duodenal.

Roxo: Energização.

Amarelo até laranja claro: Dores em geral.

Prata + violeta + laranja + azul: Câncer.

Branco Cristalino: Limpa e Purifica.

Violeta Intenso: Transmuta, regenera e recompõe.

Lilás: Desintegra a energia densa provinda de sentimentos e ações negativas.

Verde Escuro: Cicatrizante.

Verde Claro: Desinfecciona e Esteriliza.

Azul Claro Médio: Acalma e tranqüiliza.

Amarelo: Energizante, tônico e vitamina para o corpo e espírito.

Verde Limão: Limpeza e desobstrução dos cordões.

Rosa: Cor da Fraternidade e do Amor Incondicional do Mestre Jesus.

Laranja: Símbolo da energia, aura, saúde, vitalidade e eliminador de gorduras do sangue.

Dourado: Cor da Divindade. Fortalece as ligações com o Cristo.

ARCOS DE LUZ

Na Apometria o médium canaliza as energias vindas do plano divino, transformando-as em energias de luz viva, as quais são projetadas no paciente. Os Arcos de Luz atingem inicialmente, os Chakras o qual assimila os seus efeitos, transfere para o corpo físico.

Arco Azul: Aciona os campos: Físico (acelera o metabolismo), Perispiritual e Espiritual.

Arco Verde: Assepsia (limpeza).

Arco Rosa: Acalma e Equilibra.

Arco Violeta: Fortalece o Sistema Nervoso.

Arco Laranja: Energiza.

Arco Dourado: Forma uma película de proteção (fortalece a estrutura física e estimula as faculdades mentais).

Arco Vermelho: Dissolvem os resíduos deletérios e parasitismos, aparelhos, fiações, etc.

Arco Carmim: Protege e fortalece a estrutura espiritual.

Arco Branco: (CRÍSTICO): Eleva espiritualmente o indivíduo, harmonizando-o.

Segundo Edgard, no livro “Psiquismo e Cromoterapia”. A cor, em si mesma, não é elemento decisivo para as curas, mas completa e reforça o emprego de outros recursos menos delicados. Os fluidos magnéticos, por exemplo, como quaisquer outras energias, possuem cores próprias, mas sempre estão impregnados das condições psicofísicas dos doadores: o conhecimento das cores pelos dirigentes de trabalhos (ou por quem faz as aplicações) é muito importante, para se ter um bom resultado. Nestas aplicações, a mente dos cooperadores exerce ação decisiva, não só para verter o fluido na corrente de base, como para canalizá-la para os doentes, conduzindo o fluxo ao ponto certo da aplicação e ainda para fazê-lo penetrar nas células, produzindo os resultados esperados.

IMPORTANTE:

Ao receber um tratamento cromoterápico, algumas reações são bastante normais, como: bocejar constantemente, sono excessivo, vontade de chorar (durante as aplicações).

Podem ocorrem enjôos nas primeiras aplicações. Para os casos psíquicos, quando a liberação de bloqueio energético inicia, as reações de rejeição ao tratamento são normais. Nos problemas físicos é normal o mal agravar inicialmente.

O tratamento é feito (de dentro para fora) energia positiva expulsando energia estática e por isso, o organismo muitas vezes aguça os efeitos da doença.

Para todos e quaisquer tratamentos energéticos, é aconselhável durante esses tratamentos: evitar bebidas alcoólicas, não se alimentar de carne suína ou bovina, pois estes alimentos dificultam a circulação de energia pelo corpo.

Anúncios

Tratamento pela cor

TRATANDO ATRAVES DAS CORES

A vibração de cada cor pode ser introduzida no corpo através de alimentos, líquidos e sólidos solarizados, luz solar ou artificial, visualização de cores, roupas, ambientes, pedras e cristais.

Abaixo a relação em ordem alfabética de uma série de disfunções e as sugestões de utilização das cores para cada uma delas.

Agitação: Azul celeste – Índigo

Anemia: Verde

Angustia: Azul celeste

Asma Crônica: Verde – Laranja

Azia: Verde

Afecções da pele: Amarelo

Bronquite: Azul celeste – Laranja – Violeta

Cansaço ocular: – Índigo

Catarata: – Índigo

Câncer: Verde

Caspa, Calvície: Violeta

Circulação deficiente: Vermelho – Verde

Coração: Verde

Coragem (estimulo): Laranja

Corrimento (ovário): Violeta – Azul celeste

Cistos mamários: Verde

Doença mental: Índigo

Dor de Cabeça: Azul celeste – Verde

Dores em geral: Azul celeste

Diarréia: Azul celeste

Diabetes: Amarelo

Debilidade Física: Vermelho – Laranja

Desanimo: Laranja – Amarelo

Epistache (sangramento nasal): Índigo

Estresse: Índigo

Espinhas: Amarelo

Excitação: Índigo

Estômago: Amarelo

Eczema: Amarelo – Laranja – Vermelho

Erisipela: Verde

Espasmos: Azul celeste

Feridas: Verde

Furúnculos: Violeta – Verde

Febre: Azul celeste – Violeta

Fígado (cólica): Azul celeste

Fígado (doença): Amarelo

Flatulência: Amarelo

Glaucoma: Índigo

Garganta: Azul celeste – Violeta

Glândulas (desequilíbrio): Violeta

Gota: Laranja

Gripe: Verde – Vermelho

Hemorragia: Azul celeste – Índigo

Hemorróidas: Amarelo

Histeria: Azul celeste – Índigo

Hepatite: Amarelo

Icterícia: Amarelo

Incontinência urinária: Violeta

Intestinos: Amarelo

Infecções: Verde

Infecção do ouvido: Índigo

Indecisão – Insegurança: Laranja

Indigestão: Amarelo

Inflamações (em geral): Índigo – Laranja

Inflamações dos olhos: Índigo

Inflamação de garganta: Azul celeste

Insônia: Azul celeste – Violeta

Loucura (Agitado): Índigo

Laringite: Azul celeste – Índigo – Laranja

Miopia: Azul celeste

Mal estar: Índigo

Mal de Parkinson: Índigo

Menstruação escassa: Laranja

Menstruação excesso: Azul celeste

Mente fraca: Índigo

Neurose: Índigo

Nervo Ciático: Violeta

Nervos fracos: Amarelo – Índigo – Verde

Nevralgia: Verde – Laranja – Índigo

Ovário (Doenças): Violeta

Obesidade: Laranja

Ouvido (Surdez): Laranja – Azul celeste

Ovário (Inflamação/dores): Azul celeste – Violeta

Pâncreas: Amarelo

Palpitação: Azul celeste – Verde

Paralisia (parcial ou total): Vermelho

Pedra nos rins: Violeta – Amarelo – Verde

Pressão alta: Verde – Azul celeste – Violeta

Pressão baixa: Vermelho – Laranja – Amarelo

Pneumonia: Índigo

Prisão de ventre: Amarelo – Azul celeste

Pulmões: Laranja

Problemas sanguíneos: Verde

Psicoses: Violeta

Queimaduras: Azul celeste

Resfriado: Vermelho – Índigo

Respiração difícil: Laranja

Reumatismo e articulações: Índigo

Rins (inflamação): Violeta

Sinusite: Vermelho – Violeta – Índigo

Sistema nervoso – (Calmante): Azul celeste – Verde

Sedativo: Azul celeste

Tensão nervosa: Índigo

Tireóide: Azul celeste

Tônico (físico e mental): Verde

Tosse: Laranja

Tumores: Violeta

Ulcera interna: Verde

Urina (supressão): Verde – Amarelo

Vesícula (pedras): Laranja

Vesícula biliar: Amarelo

Voz (para melhorar): Azul celeste

Vômitos: Azul celeste – Índigo

Zumbido ouvido: Índigo

IMPORTANTE:

Os efeitos da cromoterapia são capazes de estimular uma melhora nos sintomas de uma doença, mas, todo o tratamento alternativo deve ser paralelo a um tratamento médico.

As Cores na Apometria

O SIGNIFICADO DAS CORES NA CROMOTERAPIA

Cromoterapia é uma terapia que auxilia nos processos de ativação de células doentes, recuperando-as. O principio está na captura das cores da natureza para aplicá-las nos campos energéticos, objetivando;

– recuperar nosso bem-estar
– nossa saúde.
– restabelecer o equilíbrio-cor,
– restaurar nossa aura
– restabelecer o equilíbrio físico,
– restabelecer o equilíbrio mental
– restabelecer o equilíbrio espiritual.

O VERMELHO é a cor mais quente, ativa e estimulante. Fortalece o corpo e dá mais energia física, impulso sexual (vermelho cereja), força de vontade, conquistas, liderança e senso de auto-estima. Deve ser usado, antes das refeições, por quem tem problemas digestivos e circulatórios.  Simboliza: perigo, fogo, sangue, paixão, destruição, raiva, guerra, combate e conquista; cor de aproximação e encontro. Usado em excesso: o vermelho torna a pessoa agressiva e briguenta.

O LARANJA é a mistura do vermelho com o amarelo, portanto, traz as qualidades dessas duas cores e deve ser usado ao deitar, nas articulações, nas juntas doloridas, em dores de coluna, ciática, hérnia de disco, etc. Traz sucesso, agilidade mental, atrai boa sorte e prosperidade. Desencoraja a preguiça. Simboliza: encorajamento, estimulação, robustez, atração, gentileza, cordialidade, tolerância e prosperidade.

O AMARELO e o DOURADO despertam novas esperanças, no caso de resignação de doentes que desistiram da cura. Dá vivacidade, alegria, desprendimento, leveza. Produz desinibição, brilho, espirituosidade e espiritualidade. Diminui a ansiedade e as preocupações; fortalece os olhos e os ouvidos além de ajudar na cura da artrite. Atrai dinheiro e poder. Atrai pessoas alegres para a sua vida, rejuvenesce e traz charme; constrói confiança, dá poder de persuasão, energia e inteligência. Traz luz para a solução de problemas, ajuda a reter conhecimentos e desenvolver a sabedoria.  Simboliza: vibração elevada, vigor, inteligência superior e nobreza. Usada em excesso: torna a pessoa irresponsável e volúvel. O Amarelo simboliza: criatividade, as idéias, o conhecimento, alegria, juventude e nobreza.

O VERDE é a cor mais harmoniosa e calmante de todas. Representa as energias da natureza, esperança, perseverança, segurança, satisfação e fertilidade. Facilita a comunicação com as plantas, com os elementais e os espíritos da natureza.  Simboliza: vida nova, energia, fertilidade, crescimento e saúde. Usada em excesso: determina orgulho, superioridade e arrogância.

O ROSA é o vermelho, temperado com as qualidades do branco. É romance, amor espiritual (sem conotação sexual). Eleva as vibrações e o contato espiritual, afasta energias negativas e promove fraternidade.

O AZUL ajuda a baixar a pressão arterial, acalma e traz clareza mental. Produz tranqüilidade, ternura, afetuosidade, paz de espírito e segurança. Reduz o stress e a ansiedade, traz saúde emocional, paz e calma. Promove o entendimento entre as pessoas. Favorece as atividades intelectuais e a meditação. Simboliza: devoção, fé, aspiração, sinceridade, lealdade, confiança e tranqüilidade. Usada em excesso: Não possui contra-indicações.

O VIOLETA é uma cor metafísica. É também a cor da alquimia e da magia. Ela é vista como a cor da energia cósmica e da inspiração espiritual. A cor violeta é excelente para purificação e cura dos níveis físico, emocional e mental. Ajuda a encontrar novos caminhos para a espiritualidade e a elevar nossa intuição espiritual. Traz poderes mentais. Deve ser usada para combater a insônia. Simboliza: dignidade, devoção, piedade, sinceridade, espiritualidade, purificação e transformação.  Usada em excesso: Provocando manias e fanatismo.

O BRANCO traz pureza, sinceridade e verdade; repele energias negativas e eleva as vibrações; equilibra a aura; facilita o contato com os guias espirituais e com os ancestrais; gerencia o equilíbrio interior, proteção, instinto, memória, partos, cuidado de animais domésticos e de crianças, sonhos. Também pode ser usado como coringa, para todos os propósitos, substituto para qualquer cor.

Uma visão sobre a cromoterapia

Disco de cor.gif

Várias foram às civilizações antigas, como a egípcia, a grega, a indiana, a chinesa e outras que fizeram uso das cores para tratamento de saúde. Na China e na Índia a cor era mais relacionada à Mitologia e à Astrologia. Na Grécia muitos filósofos-médicos foram absorver o conhecimento da ciência médica na fonte egípcia, com os sacerdotes-médicos. A Cromoterapia está intimamente ligada ao antigo Egito assim como a própria Medicina, data de 2.800 a.C. com IMHOTEP, considerado o Pai Universal da Medicina.
A cromoterapia nasceu no antigo Egito, com os sacerdotes-médicos tratando os doentes com as cores, utilizando-se de flores e pedras preciosas. A terapia adormeceu por milênios; e ressurge como uma Medicina-energética, assim como a Homeopatia e a Acupuntura.
Diversos foram os pesquisadores do uso das cores, dos quais citamos:

JOHN OTT – Médico e Diretor do Instituto Sarasota – Flórida/USA, que pesquisou o efeito das cores sobre tumores cancerosos. Autor do livro “Health And Light”;

DINSHAH GHADIALI – Médico indiano, residente em New Jersey/USA, que estruturou a Cromoterapia em bases científicas. Autor de uma Enciclopédia, em 3 volumes, sobre a utilização das cores nas doenças;

NIELS FINSEN – Médico em Copenhague, Dinamarca. Autor do livro “Propriedades Actínicas da Luz do Sol”. Fundou o Instituto da Luz para a cura de pacientes com tuberculose. Realizou curas surpreendentes em cerca de dois mil pacientes com a aplicação da Cromoterapia, recebendo o Prêmio Nobel, em 1903;

RENÉ NUNES – Jornalista, Conferencista e Professor, de Brasília – Brasil (falecido em 1995), Um dos maiores cromoterapeutas do mundo que se dedicou à pesquisa e aplicação da Cromoterapia em mais de dez mil pacientes, obtendo grande índice de recuperação. Autor de diversas obras, das quais “Cromoterapia Técnica”. Foi o grande divulgador da Cromoterapia como ciência médica-energética no Brasil e no exterior.

A CROMOTERAPIA consta da relação das principais terapias alternativas ou complementares reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde – OMS em 1976, de acordo com a Conferência Internacional de Atendimentos Primários em Saúde de 1962, em Alma-Ata. Essa relação foi ratificada pela OMS em 1983, através do Diretor Geral do World Health Organization – OMS, Dr. Halfdan Mahler, e pelo Diretor do Programa de Medicinas Tradicionais da OMS, Dr. Robert Bannerman

DEFININDO A CROMOTERAPIA
A cromoterapia se define como a ciência que utiliza as cores do Espectro Solar para restaurar o equilíbrio físico-energético em áreas do corpo humano atingidas por alguma disfunção.
As setes cores do Espectro são:
– VERMELHO
– LARANJA
– AMARELO
– VERDE
– AZUL
– ANIL
– VIOLETA

A CROMOTERAPIA ESTÁ FUNDAMENTADA EM TRÊS CIÊNCIAS
Medicina – A arte de curar
Física – Ciência que estuda as transformações da energia, em especial no capítulo dedicado à natureza da luz: sua origem no espectro eletromagnético e seus elementos, como comprimento de onda, freqüência e velocidade;
Bioenergética – Ciência que demonstra a existência do corpo bioenergético, analisando a energia vital

A CROMOTERAPIA E A ESPIRITUALIDADE
Em seu livro “Mediunidade”, pág. 178, Edgard Armond* nos relata: Nas curas materiais e nas operações mediúnicas, as cores, veiculadas pelos fluidos oriundos da corrente magnética de base e pelas vibrações dos seus componentes, saneiam o ambiente, esterilizam o campo operatório e objetos de uso, estimulando ou acalmando os agrupamentos celulares; e nas curas espirituais, esses fluidos e vibrações coloridas da corrente neutralizam os impulsos maléficos dos obsessores, concorrem a modificar idéias, pensamentos e ulteriores, sentimentos, assegurando assim bons resultados para os trabalhos de doutrinação.

*Edgard Armond – http://pt.wikipedia.org/wiki/Edgard_Armond