São Meus Filhos

Filho de DEUSVamos lembrar grandes exemplos do amor de pai e mãe para seus filhos?
Na história do Óleo de Lorenzo, encontramos pai e mãe renunciando a tudo para cuidar da rara doença de seu filho Lorenzo. O esforço foi tão formidável que eles descobriram, quase por conta própria e sem nenhuma graduação ou conhecimento específico prévio, novos remédios para uma doença considerada incurável e sem controle.

Na história do bispo Pike, encontramos o pai dedicado à fé e ao destino do filho em luta contra o vício. Quando seu filho desencarna com indicações de suicídio, o tormento de uma danação eterna no fogo do inferno rouba por completo a sua paz. Deus não faria isso com seu filho tão amado. Então, o bispo Pike passa em revisão todas as suas crenças e redescobre a esperança de novos dias felizes nos caminhos do espírito eterno, que sempre terá nova oportunidade.

Quem viu a dedicação do pai dos cantores Zezé di Camargo e Luciano, certamente emocionou-se. Ele acreditou firmemente que o talento dos filhos, uma vez educado, iria leva-los a uma condição melhor. E não mediu esforços nessa direção, mesmo muitas vezes sem saber como fazer.

E a mãe do cantor Cazuza, que lutou até o final pela recuperação de seu filho!
Uma fã incondicional, uma mãe cujo zelo tantas vezes aborreceu seu filho. Por fim, com a derrota para a doença, ela não permitiu que o legado de seu filho tenha ponto final no funeral e criou a Fundação Viva Cazuza. Assim, não só exalta os bons dias de alegria desse grande artista, mas também ampara e colabora com aqueles que vivenciam o mesmo drama.

Filhos!
“Ver-lhes a honradez e o trabalho, o passo reto e a independência construtiva representa, em verdade, todo o triunfo que ambicionas.” – observa Emmanuel.
E quando lembramos desse amor incondicional de pai ou mãe pelo filho amado, não tem como deixar de lembrar da Parábola do Filho Pródigo?
“Confiei no teu amor e voltei. Sim, aqui é meu lugar …” – canta a canção.
Humilhado, o filho retorna consciente que não pode pretender a posição de filho.
Chega mesmo a treinar uma frase pedindo para tornar-se apenas um servo.
Mas o Pai transborda de alegria ao vê-lo!
Corre em sua direção, pula em seu pescoço, dá-lhe um grande beijo.

Ordena aos servos:
– Rápido! Uma boa roupa, anéis e sandálias para meu filho!
– Hoje é festa! Matemos o melhor novilho, pois meu filho retornou!
Assim age o amor dos pais pelos filhos, mesmo quando reincidentes no erro.
“E a todos os que te reprovam o devotamento e a fadiga, censurando-te a persistência no sacrifício, sabes responder, na mesma reserva de confiança e ternura, com alegria misturada de pranto: ‘são meus filhos’” – lembra-nos Emmanuel.
Esse é o amor que nós, criaturas imperfeitas, já sabemos dar quando verdadeiramente envolvidos pelo sincero e profundo amor.
“Imagina, pois, a longanimidade do amor que vibra e reina, infinito, no lar divino da Criação!…”. (Emmanuel)
Fonte: Espiritbook – Inácio Queiroz

A paternidade é, sem contestação possível, uma verdadeira missão. É ao mesmo tempo grandíssimo dever e que envolve, mais do que o pensa o homem, a sua responsabilidade quanto ao futuro.  Deus colocou o filho sob a tutela dos pais, a fim de que estes o dirijam pela senda do bem, e lhes facilitou a tarefa dando àquele uma organização débil e delicada, que o torna propício a todas as impressões. Muitos há, no entanto, que mais cuidam de aprumar as árvores do seu jardim e de fazê-las dar bons frutos em abundância, do que de formar o caráter de seu filho. Se este vier a sucumbir por culpa deles, suportarão os desgostos resultantes dessa queda e partilharão dos sofrimentos do filho na vida futura, por não terem feito o que lhes estava ao alcance para que ele avançasse na estrada do bem.
O LIVRO DOS ESPÍRITOS – Kardec.  (Paris, 18-4-1857)

Anúncios

Sobre Roberto Barros

Publicitário

Grato pelo seu interesse no Bem Viver Apometria!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s