Somos a Pátria do Evangelho?

Coração Brasil

Que é Pátria do Evangelho?

Para aqueles que vivem só do imediato, apegados só às coisas materiais, Pátria do Evangelho seria aquela onde facilmente o seu povo enriquecesse e vivesse de prazeres e conforto material. Nesse caso, não seríamos nós e estaríamos bem longe de ser.

A Pátria do Evangelho, com certeza, seria uma das nações do Primeiro Mundo. Mas, foi aqui que Jesus transplantou a árvore do Seu Evangelho. Será que isso é suficiente? Não. Isso não é suficiente… A escolha de Jesus para, numa nova tentativa, nos entregar a tarefa de semeadores do Seu Evangelho, significa que um planejamento foi feito para nós. A espiritualidade nos ofereceu todas as

condições necessárias para o cumprimento dessa missão. Ela fez e continua fazendo a sua parte, mas será que estamos fazendo a nossa? O Brasil será o que nós fizermos dele. Isso quer dizer que esta missão que nos foi confiada poderá ter ou não ter sucesso.

O palco está armado, mas os atores somos nós. O projeto é grandioso, a oportunidade é valiosa, mas depende de nós. É importante observar que, mesmo tendo sido escolhidos por Jesus, para viver, aprender e espalhar o Seu Evangelho, além da generosidade e boa vontade de seu povo, encontramos também, no Brasil, egoísmo, ódio, violência, o que índica que ainda não somos um povo evangelizado. Então o Brasil ainda não é a Pátria do Evangelho. Ainda não conseguimos superar a mágoa pela injustiça e o ódio pelas humilhações sofridas que trazemos em nossas raízes. Em compensação, temos também a resignação e a boa vontade do coração puro o que nos torna um povo pacato, sensível, resignado e sempre pronto a ajudar, fruto da miscigenação de que fomos formados; e temos também o essencial: a fé e a confiança em Deus.

Isso poderá nos levar a incorporar, nos atos diários, aquilo que dizemos acreditar. Quando assim fizermos, estaremos nos olhando a todos como irmãos, filhos de um mesmo Pai. Isso é vivenciar o Evangelho. Esta é a lição que nos compete levar ao mundo. É aprendendo e vivendo esta lição que levaremos, aos nossos irmãos de todo o Universo, o grande ensinamento de Jesus: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Esta é a nossa missão . Ainda não somos um povo evangelizado, mas já conseguimos dar os primeiros passos. É gratificante observar como as religiões, embora se digam pensar diferente umas das outras, agem de forma idêntica.

As campanhas em busca da Paz; o combate às drogas; o incentivo à vida, na luta contra o suicídio, o aborto, a eutanásia, pena de morte e outras, revelam que, mesmo sem perceber, a humanidade caminha para um mesmo ponto. Isso indica que a semente do evangelho está florescendo. Não é à-toa que temos tantas religiões nesse país. Seria difícil para uma só religião atingir em pouco tempo duzentos milhões de habitantes. Tudo isso faz parte dos planos divinos. Um dia, veremos na prática a realização daquelas palavras do nosso Mestre: “Haverá um só rebanho e um só Pastor”.

Fomos escolhidos por Jesus para sermos a pátria do evangelho, mas não somos a única nação escolhida para uma nobre tarefa. Deus é Pai de todos, e a cada um é reservada uma missão. Fazemos parte de um concerto, onde cada nação é uma nota na Sinfonia Divina.

“Emmanuel, mentor espiritual de Francisco Cândido Xavier, prefaciando a obra em estudo, “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho”, diz: “ se a Grécia e a Roma da antigüidade tiveram a sua hora, como elementos primordiais das origens de toda a civilização do ocidente: se o império português e o espanhol se alastraram quase por todo o planeta; se a França e a Inglaterra têm tido a sua hora proeminente nos tempos que assinalaram as etapas evolutivas do mundo, o Brasil terá também o seu grande momento no relógio que marca os dias da evolução da humanidade”.

As outras nações também têm as suas missões. Quais? O que compete a cada uma delas? Se ainda não nos conscientizamos realmente da nossa, por que nos preocuparmos com a que cabe aos outros? Sigamos em frente, confiando em Deus, em nosso Mestre Jesus, em nosso protetor Ismael, e façamos a nossa parte que, com toda a certeza, um dia faremos da nossa Terra o CORAÇÃO DO MUNDO, A PÁTRIA DO EVANGELHO.

Fonte: Célia Urquiza de Sá, do livro A Missão do Brasil como Pátria do Evangelho

Anúncios

Sobre Roberto Barros

Publicitário

Grato pelo seu interesse no Bem Viver Apometria!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s