A falta de amor é a maior de todas as pobrezas

Madre Teresa de Calcutá (1910 – 1997)Agnes Gonxha Bojaxhiu nasceu numa família católica da comunidade albanesa do sul da antiga Iugoslávia. Foi educada numa escola pública e, ainda jovem, tornou-se solista no coro da igreja. Determinada a seguir sua vocação religiosa, Agnes ingressou na Congregação Mariana. Em setembro de 1928, ingressou na Casa das Irmãs de Nossa Senhora do Loreto, em Dublin, na Irlanda. De lá partiu para a cidade de Darjeeling, na Índia, onde as irmãs de Loreto tinham um colégio, em 1931. Lá fez noviciado e finalmente fez os votos de obediência, pobreza e castidade, tomando o nome de Teresa.

De Darjeeling, Teresa partiu para Calcutá, onde viveu como religiosa e foi professora de história e geografia no Colégio Santa Maria, único colégio católico para meninas ricas da cidade de Calcutá. O contraste com a pobreza à sua volta era muito grande. Em maio de 1937, Teresa fez a profissão perpétua. A revelação ocorreu em setembro de 1946, durante uma viagem de trem. Madre Teresa ouviu um chamado interior que a incitou a abandonar o convento de Loreto, em Calcutá, e passar a viver entre os pobres. Em 1948, autorizada pelo Papa Pio XII, Teresa foi “viver só, fora do claustro, tendo Deus como único protetor e guia, no meio dos mais pobres de Calcutá”. Em dezembro do mesmo ano, conseguiu a nacionalidade indiana.

Teresa passou a usar um traje indiano, um sári branco com debruns azuis e uma pequena cruz no ombro. Pedindo ajuda nas ruas, auxiliava pobres, doentes e famintos. Pouco a pouco, foi angariando adeptas para sua causa entre as antigas alunas. Em 1950, fundou uma congregação de religiosas. Madre Teresa fundou casas religiosas por toda a Índia e, depois, no exterior. Fundadora dos Missionários e das Missionárias da Caridade. Ícone do Bom Samaritano, ela ia a toda parte para servir Cristo nos mais pobres entre os pobres. “Esse é um trecho da homilia do Papa João Paulo 2o durante o ritual de beatificação de Madre Teresa de Calcutá, em outubro de 2003. Seu trabalho obteve grande repercussão.

Em 1979, Madre Teresa recebeu o prêmio Nobel da Paz, pelos serviços prestados à humanidade. Depois de dedicar toda uma vida aos pobres, Madre Teresa de Calcutá morreu aos 87 anos, de parada cardíaca.

“O Senhor não daria banho a um leproso nem por um milhão de dólares? Eu também não. Só por amor se pode dar banho a um leproso.”

“Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.”

“É fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado.”

“Todas as nossas palavras serão inúteis se não brotarem do fundo do coração. As palavras que não dão luz aumentam a escuridão.”

“A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.”

“O que eu faço é simples: ponho pão nas mesas e compartilho-o.”

“Quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las”.

“A todos os que sofrem e estão sós, dai sempre um sorriso de alegria. Não lhes proporciones apenas os vossos cuidados, mas também o vosso coração.”

“Não utilizemos bombas e armas para dominar o mundo. Vamos usar amor e compaixão.

A paz começa com um sorriso – sorri cinco vezes por dia para alguém a quem não gostarias realmente de sorrir – faze isso pela paz.

“Então vamos irradiar a paz de Deus e assim acender a Sua luz e extinguir do mundo e dos corações de todos os homens todo o ódio e amor pelo poder.”

“O bem que fazes será esquecido. Não importa: Faz o bem. Dás ao mundo o melhor de ti e serás perseguido. Não importa: Dá o melhor de ti.”

“Um coração feliz é o resultado inevitável de um coração ardente de amor.”

“O amor é a fruta da época de todas as estações e está ao alcance de cada mão. Qualquer um pode colhê-lo, sem limites estabelecidos.”

“A raiz de todos os males é o egoísmo.”

“As palavras de Jesus: Amem uns aos outros como eu vos amei não devem ser apenas uma luz para nós, mas uma chama que arda dentro de nós.”

“O homem é ilógico e egoísta. Não importa: Ama-o. Aquilo que construíste pode ser destruído num momento. Não importa: Constrói-o.”

“A força mais potente? A fé em Deus.”

“Não espere por líderes. Faça você mesmo, pessoa por pessoa.”

“Não podemos fazer grandes coisas na terra. Tudo o que podemos fazer são pequenas coisas com muito amor.”

“Os animais foram criados pela mesma mão caridosa de Deus que nos criou… É nosso dever protegê-los e promover o seu bem-estar.”

“Eu sinto que o grande destruidor da paz hoje é o aborto, porque é uma guerra contra a criança, uma matança direta de crianças inocentes, assassinadas pela própria mãe. E se nós aceitamos que uma mãe pode matar até mesmo o seu próprio filho, como é que podemos dizer às outras pessoas para não se matarem?”

“A primeira necessidade? Comunicar-se.”

“A defesa mais eficaz? O sorriso.”

“Sei que meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele, o oceano seria menor.”

“Acredito que o mundo hoje está de ponta cabeça e sofre muito porque existe tão pouco amor no lar e na vida familiar. Não temos tempo para nossas crianças, não temos tempo para nos darmos uns aos outros, não temos tempo para apreciarmos uns aos outros.”

“O amor começa em casa; o amor habita nos lares e é por isso que existe tanto sofrimento e tanta infelicidade no mundo… Todos, hoje em dia, parecem estar com tanta pressa, ansiosos por grandes desenvolvimentos e grandes riquezas e assim por diante, de modo que as crianças não têm tempo para os pais. Os pais têm pouco tempo para darem-se uns aos outros, e no próprio lar começa a destruição da paz do mundo.”

“Eu vejo Deus em cada ser humano. Quando limpo as feridas do leproso, sinto que estou cuidando do próprio Senhor. Não é uma experiência maravilhosa?”

“Às vezes pensamos que a pobreza é apenas fome, nudez e desabrigo. A pobreza de não ser desejado, não ser amado e não ser cuidado é a maior pobreza. É preciso começar em nossos lares o remédio para esse tipo de pobreza.”

“Nós mesmos sentimos que o que fazemos é uma gota no oceano. Mas o oceano seria menor se essa gota faltasse.”

“O milagre não é realizarmos esse trabalho, mas que sejamos felizes fazendo-o.”

“Se você julga as pessoas, não tem tempo de amá-las.”

“Tento dar aos pobres de amor o que os ricos conseguem com o dinheiro. Não, eu não trocaria um leproso por mil pounds; contudo, de boa vontade o curarei pelo amor de Deus.”

“Encontrei um paradoxo, que se você amar até doer, não poderá haver mais dor, somente amor.”

“Não sei ao certo como é o Paraíso, mas sei que quando morrermos e chegar o tempo de Deus nos julgar, Ele NÃO perguntará, Quantas coisas boas você fez em sua vida?, antes ele perguntará, Quanto AMOR você colocou naquilo que fez?”

“Sou uma pequena caneta na mão de Deus que envia cartas de amor ao mundo.”

“Nesta vida, não podemos realizar grandes coisas. Podemos apenas fazer pequenas coisas com um grande amor.”

“Precisamos encontrar Deus, e não podemos fazê-lo com barulho e desassossego. Deus é amigo do silêncio. Veja como a natureza – árvores, flores, grama – crescem no silêncio; veja as estrelas, a lua e o sol, como se movem em silêncio… Precisamos de silêncio para sermos capazes de tocar almas.”

“A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.”

I AM Madre Teresa de Calcutá
Meus queridos irmãos continuo trabalhando em prol de todos vocês, só que agora em um plano mais sutil que o vosso, estou perto de Cristo, perto da luz, perto de um amor Universal.

Por meu corpo ser mais sutil que o físico, é possível sentir com muito mais intensidade o amor e a conexão com o eterno.

Queridos, dêem valor aos lares, não vivam em prol do trabalho excessivo, com o único propósito do acúmulo de bens, foquem seus lares, pois, o dinheiro pode comprar uma mansão, mas, não um lar com alicerces na honestidade e no amor ao próximo.

Eu vivenciei muita coisa, e vos digo com segurança, que os maiores pobres, são aqueles que ainda possuem um vazio interior, que ainda não encontraram a verdadeira conexão com Deus.

Eu já vi muita fome e também muita gente rica com este vazio e lhes asseguro que a pior pobreza é a de alma, por isso, me deixe continuar a ser uma pequena caneta na mão de Deus, e enviar com humildade cartas de amor, com o intuito de lembrar, que todos somos bem aventurados e eternos, me deixe entrar no seu lar, no seu coração e mostrar que o verdadeiro amor não tem raça, não tem credo, nem país, o verdadeiro amor simplesmente brota do todos os corações, mas para senti-lo é preciso parar de julgar seus próximos, pois “Se você julga as pessoas, não tem tempo de amá-las.” Acreditem em si e comecem a se transformar, se não conseguires dar banho em um leproso, ao menos comece dando um sorriso, abençoando seu próximo e fazendo com que ele saia melhor de que quando chegastes.

“Precisamos encontrar Deus, e não podemos fazê-lo com barulho e desassossego. Deus é amigo do silêncio. Veja como a natureza – árvores, flores, grama – crescem no silêncio; veja as estrelas, a lua e o sol, como se movem em silêncio. Precisamos de silêncio para sermos capazes de tocar almas.” Por isso aprendam a conviver e a entender a grandiosidade do silêncio, pois é através dele que eu entrarei em seu coração e escreverei um poema, e sabe qual será o título : O Resgatar da luz eterna que mora em todos os corações.

Sentir a suavidade do imperecível é o maior presente que Deus poderia nos dar e eu estou aqui para mostrá-lo, entenda o silêncio, que quando compreenderdes, a própria lei da sintonia me jogará para teu coração assim como as ondas do amor jogam luz para os ternos de coração.

Que Deus os abençoe.

SABEDORIA – É uma coletânea de textos e canalizações trazidas por Daniel Campos – Membro do Grupo de Apoio Francisco de Assis (GAFA) e Semente de Luz.

Anúncios

Sobre Roberto Barros

Publicitário

Grato pelo seu interesse no Bem Viver Apometria!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s